terça, 22 de outubro de 2019 TRANSPARÊNCIA FISCAL E-SIC
A+ A-

Secretário de Agricultura de Juarez Távora Cornélio Freire participa de encontro em Itabaiana buscando benefícios para os agricultores tavorenses.

Por 13 - 22/05/2019




Secretário de Agricultura de Juarez Távora Cornélio Freire participa de encontro em Itabaiana buscando benefícios para os agricultores tavorenses.

Foi realizado na última quarta-feira (22) na cidade de Itabaiana, na Praça 24 de Maio, 18 - Centro, Sede da Gerencia Regional da Empaer (Empresa Paraibana de Pesquisa e Extensão Rural e Regularização Fundiária) um encontro com os Secretários de Agricultura dos municípios de Gurinhém, Itabaiana, Juarez Távora, Mogeiro, Salgado de São Félix e São José dos Ramos, visando a inserção dos mesmos no Zoneamento de Palma Forrageira.

Segundo o Sr. Hermes F. Barbosa, representante do Ministério da Agricultura na Paraíba, a palma forrageira é uma ótima alternativa para o período de estacionalidade para a produção de forragem, por isso, os municípios que ainda não estão fazendo parte do cultivo devem procurar realizar a produção da mesma.

O Governo do Estado solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para que seja ampliada a área de zoneamento agrícola para o cultivo da palma forrageira na Paraíba, na ação integrada da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e suas vinculadas, a meta é garantir a produção de ração para os rebanhos em períodos de estiagens prolongadas. O novo zoneamento vai contribuir para a ampliação dessa atividade tão importante na produção de ração animal. Caberá a Empaer paraibana a orientação do plantio, o acompanhamento e outras atividades necessárias para o cultivo.

A sugestão para ampliação da área cultivada com palma forrageira é fruto de discussões técnicas entre profissionais de diferentes instituições que atuam no desenvolvimento rural da Paraíba. A palma tem condições de ser cultivada em quase todo o Estado, presente em quase todos os municípios paraibanos.

O assessoramento para o plantio e manuseio das mudas e raquetes de palma aos produtores é feito pela Empaer, que também faz a elaboração de projetos junto ao agente financeiro. No campo, as mudas precisam passar oito dias na sombra depois do corte e, em seguida, poderão ser plantadas e irrigadas. Se um produtor plantar em um canteiro de um metro por dez metros, com espaçamento de dez centímetros, ele terá 1.000 mudas para plantar a cada 35 dias.

Prefeitura Municipal via Redação do Portal Juarez News / www.diadecampo.com.br






© Prefeitura Municipal de Juarez Távora de Juarez Távora/PB 2017, Todos os direitos reservados